sexta-feira, 22 de setembro de 2017

É Outono

O Outono espreita! Tempo quentinho, campos secos e dias bons para fazer os primeiros passeios; andar na rua é ainda muito difícil, temos que aprender a fazê-lo em grupo, sem colocar ninguém em perigo. As crianças de 5 anos dão a mão às de 3 anos, apoiando-se assim nas dificuldades maiores: atravessar a rua na passadeira, parar em segurança, atravessar um campo com ervas secas e chão irregular... hoje saímos à rua pela primeira vez neste início de ano letivo e aprendemos tanto!


  

Observamos a cor e a textura das espigas de milho já secas, (re)descobrimos o som e o cheiro das folhas e das ervas secas quando as pisamos.
Descobrimos que somos capaz de fazer coisas mais difíceis: trepar e ficar lá em cima, sem medo... 
video

 As folhas de outono, estavam lá, mesmo fáceis de colher e explorar:
 "Estou a espreitar o Outono" (Ricardo)

 

 

 No regresso, já cansados mas com novo brilho no olhar, muito havia para contar aos pais que os recebiam.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Voltamos

Foram dois primeiros dias bons, alegres, com alguns amigos novos acompanhados de familiares, que lhes transmitem confiança; depois, as saudades do grupo residente, com longos abraços e muitos sorrisos.
Há tempo para tudo, principalmente para brincar. Na sala há mais espaço, os adultos têm mais temo para cada criança, porque somos menos.

 
 O novo refeitório é pequeno, mas agora somos poucos, cabemos todos; já foi inaugurado ao lanche e cantamos os parabéns com este delicioso bolo; também almoçamos.
 No exterior é sempre bom brincar e agora ainda podemos andar descalços, porque está calor.
 
 Ainda houve tempo para ouvir uma história e hoje não queríamos voltar para casa.Há muitas descobertas para fazer e os dias são tão pequenos.

 Foi muito bom vir à escola

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Começamos a despedir-nos

 Quase, quase a terminar, as crianças testam as suas competências com jogos que exigem muita concentração;
 Com o autocorrector verificam, comprovam, corrigem, colaborando assim com a sua autoaprendizagem e assumindo uma opinião crítica.

Jogam com palavras, organizados de diversas formas, formando rimas, fazendo divisão silábica




 Tomam consciência do seu processo individual de desenvolvimento, através dos portefólios com trabalhos produzidos ao longo de todo o tempo (1, 2 ou 3 anos) em que frequentaram o Jardim de Infância.



Mas também brincam, fazendo de conta que são médicos ou doentes; a Daniela, estagiária neste mês, sujeita-se a ser intervencionada por esta equipa médica, de alta preparação

Mas também aproveitam a sair em passeio, com os melhores modelitos (sem esquecer os sapatos) a fazer compras na "VENDA DA COMIDINHA" e de onde não saem sem pagar.


 
 
 

Fazer educação física na rua também é uma aposta; aproveitam-se as estruturas existentes e adicionam-se as que forem necessárias.
 
 
 
 
 
 

 Com o calor que se tem sentido, pés descalços e água é a melhor solução



 
 
 
E assim nos aproximamos a passos largos da reta final.